9 mortes por covid em Salto, 5 em Itu e 3 em Indaiatuba; UTIs seguem lotadas

Novas mortes por covid em toda a região

Em Salto, os óbitos foram confirmados apenas agora pela Prefeitura, devido ao atraso na divulgação de dados, mas ocorreram entre os dias 06 e 14 de junho; Em Itu e Indaiatuba, as mortes foram em 24 horas; Situação das UTIs segue caótica, com todas as unidades da região praticamente lotadas

 

A Prefeitura de Salto, com atraso na divulgação dos dados referentes à pandemia, emitiu dois boletins nesta quarta-feira, 16 de junho, porém com números referentes aos dias 14 e 15. Com esse atraso e a testagem reduzida, apenas agora foram confirmados óbitos ocorridos entre 06 e 14 de junho. Ao todo, 9 pacientes morreram por covid na cidade, sendo pessoas de ambos os sexos com idades entre 40 e 87 anos. As UTIs de Salto continuam lotadas. Questionado diversas vezes sobre o colapso, se há fila de espera e quais as medidas estão sendo tomadas pela administração pública, o governo do prefeito Laerte Sonsin Junior não retornou.

 

Conforme os novos boletins, foram diagnosticados 131 casos positivos (57 no dia 15 e outros 74 no dia 14) e há 86 suspeitos esperando por resultados. O governo não informou se ocorreram mortes suspeitas pela doença nos últimos dias. Com os números atuais, Salto totaliza, segundo a Prefeitura, 9.874 contaminados desde o início da pandemia, com 289 mortos e 9.570 recuperados. Há 26 internados em UTI e 39 em Enfermaria. A ocupação dos leitos clínicos está em 74% no Hospital Municipal e 92% na Unimed.

 

Indaiatuba teve 3 novas mortes nesta quarta, 16: as vítimas tinham entre 23 e 53 anos e estavam internadas no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo). Foram diagnosticados 125 casos da doença e há 2.747 suspeitos à espera de resultados de testes, que ainda seguem atrasados. Desde o início da pandemia, 23.728 pessoas contraíram o novo coronavírus. Desses, 615 morreram e 22.993 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar.

 

Todas as UTIs, inclusive os leitos extras, continuam lotadas. No Haoc, apenas a Enfermaria está com 78% de ocupação. Na fila de espera por internação, há 54 pacientes, sendo 19 em estado grave precisando de UTI. O colapso das UTIs perdura há duas semanas. A Prefeitura informou que não adotará medidas restritivas locais, como fizeram outros municípios do Estado em situação semelhante, para conter o avanço da pandemia.

 

Em Itu, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou 5 óbitos por covid nesta quarta, 16: os pacientes, de ambos os sexos, tinham entre 48 e 79 anos. Também foram registrados mais 165 contaminados e totaliza, agora, 16.348 casos confirmados, 397 mortos e 14.517 recuperados. Há 29 suspeitos aguardando resultados de exames, 32 pacientes internados em leitos clínicos e 27 em UTI. As unidades intensivas seguem praticamente lotadas, já as Enfermarias têm 57% de ocupação no Hospital Municipal e 80% no Hospital de Campanha.

 

VACINA SIM!

Itu e Indaiatuba já iniciaram a vacinação do público na faixa de 54 a 59 anos. Salto, em atraso, não divulgou as novas fases da campanha. Acompanhe os números de vacinados contra a covid na região, conforme levantamento feito pela Revista Regional.

– Indaiatuba: 75.812 foram vacinados com a primeira dose e 28.750 com a segunda;

– Itu: 47.333 receberam a primeira dose e 20.665, a segunda;

– Salto: 31.247 com a primeira dose e 12.964 com a segunda.

 

foto: BIRF