Em 24h, mais 9 mortes por covid e UTIs lotadas; Salto divulga dados atrasados: 10 óbitos

Hospitais em colapso, novos casos e mortes por covid na região

Indaiatuba, Itu e Salto estão sem vagas de UTI; Em 24 horas, foram registrados mais 5 óbitos em Indaiatuba e 4 em Itu; Três vítimas estavam numa UPA em Indaiatuba, fora da UTI, por falta de vagas; Outro paciente, de 40 anos e sem comorbidades, morreu em casa; 53 doentes esperam por leitos nos hospitais de Indaiatuba; Prefeitura de Salto divulgou os dados atrasados da pandemia com 10 mortos entre 03 e 06 de junho

As cidades de Indaiatuba e Itu confirmaram mais 9 óbitos por covid nesta quarta-feira, 09 de junho: 5 em Indaiatuba e 4 em Itu. Todas as UTIs das cidades da área de cobertura da Revista Regional estão lotadas. Em Indaiatuba, o colapso atinge também as Enfermarias e a fila de espera por leitos aumentou, chegando a 53 pacientes. A Prefeitura de Salto, na manhã desta quinta, 10, divulgou os dados atrasados referentes à pandemia e confirmou 10 mortes entre 03 e 06 de junho. Com hospitais em colapso, o governo de Laerte Sonsin Junior não respondeu sobre a crise hospitalar, a fila de espera e a possibilidade de medidas restritivas locais.

A apuração feita pela Revista Regional junto às Secretarias de Saúde da região aponta para 5 mortes por covid em Indaiatuba nesta quarta, 09: os pacientes tinham entre 40 e 90 anos. Desses, 4 não estavam em leitos hospitalares, que estão sem vagas, e foram atendidos na UPA (Unidade de Pronto Atendimento). A vítima mais nova, um paciente de 40 anos, deu entrada em óbito na UPA no dia 07. Segundo a Prefeitura, ele estava positivo e tratando da covid em casa. O rapaz não possuía qualquer tipo de comorbidade.

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba informou que nesta quarta-feira, 09, foram diagnosticados 81 novos infectados, porém o número de casos ativos nesse momento deve ser maior, já que há 2.607 suspeitos testados que ainda esperam pelos resultados, que estão atrasados.

O sistema hospitalar prossegue colapsado e há 53 doentes esperando vagas, sendo 34 para Enfermaria e 15, em estado grave, precisando de UTI, conforme último levantamento divulgado pela Prefeitura de Indaiatuba.

O prefeito Nilson Gaspar informou que não deve, nesse momento, adotar medidas restritivas locais para conter o avanço da pandemia, como fizeram líderes de mais de 20 cidades paulistas em situação semelhante. O lockdown está descartado.

Desde o início da pandemia, 22.593 pessoas contraíram o novo coronavírus em Indaiatuba. Desses, 589 morreram e 21.899 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar.

Em Itu, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, foram confirmadas mais 4 mortes por covid nesta quarta, dia 09: os pacientes, de ambos os sexos, tinham entre 52 e 80 anos. No período, foram registrados mais 149 casos positivos e há 41 suspeitos. No total, a cidade soma 15.388 casos, 369 óbitos e 13.577 recuperados. Há 39 pacientes internados em leitos clínicos e 31 em UTI. Assim como em Indaiatuba e Salto, a UTI colapsou, com as 3 unidades totalmente lotadas. Já as Enfermarias estão em situação crítica, com 85% de ocupação no Hospital Municipal e 97% no Hospital de Campanha.

Salto vive situação semelhante ao dos hospitais de Indaiatuba, com as UTIs e as alas clínicas do Hospital Municipal e da Unimed lotadas. Questionado várias vezes sobre o colapso, se há fila de espera e quais as medidas serão tomadas pela administração pública, o governo do prefeito Laerte Sonsin Junior não retornou.

Após não emitir boletim na quarta, 09, a Prefeitura de Salto divulgou os dados atrasados na manhã desta quinta, 10, após a divulgação da matéria da Revista Regional no site e no app, a qual está sendo atualizada. Foram confirmados 10 óbitos, sendo de pacientes de ambos os sexos e com idades entre 34 e 86 anos. Segundo o governo saltense, essas mortes ocorreram entre os dias 03 e 06 de junho, mas só agora foram divulgados à imprensa. Também foram diagnosticados mais 93 casos positivos e há 70 suspeitos ainda esperando resultados. O total foi a 9.520 desde o início da pandemia na cidade, com 274 mortos e 9.231 recuperados.

VACINA SIM!

Acompanhe os números de vacinados contra a covid na região, conforme levantamento feito pela Revista Regional nesta quarta, dia 09.

– Indaiatuba: 64.581 foram vacinados com a primeira dose e 28.525 com a segunda;

– Itu: 42.715 receberam a primeira dose e 20.435, a segunda;

– Salto: 29.564 pessoas receberam a primeira dose e 12.811, a segunda.

 

foto: BIRF