Vila Vicentina de Itu precisa de ajuda!

Vila Vicentina, em Itu

  • Pandemia leva a instituição a enfrentar seu momento mais difícil na história

Desde o início da pandemia de covid-19, em março de 2020, a Vila São Vicente de Paulo, em Itu, vem sendo mais uma vítima da crise econômica que assombra o planeta. De acordo com as normas sanitárias estabelecidas pelas autoridades públicas, algumas das atividades que são fontes de renda para o lar, como bazares e eventos beneficentes, ficaram impedidas de acontecer.

Para complicar ainda mais a situação, a maioria dos voluntários está no grupo de risco, por serem idosos, o que dificulta o planejamento de eventos, nos quais as mercadorias possam ser entregues, como delivery, ou mesmo quando o cliente retira por carro, o drive-thru.

A administração da entidade relata que, num primeiro momento, o saldo de doações foi extremamente positivo. Entretanto, com o avanço da doença pelo mundo e o comprometimento da situação financeira de pessoas e empresas, a solidariedade tornou-se cada dia mais escassa. A situação fica ainda mais triste quando lembra-se que o salão de festas, uma das marcas da Vila Vicentina e sinônimo de renda regular, segue fechado por conta das medidas de isolamento social.

Segundo a gestora administrativa da Sociedade São Vicente de Paulo, Nelzeli Cristina dos Reis, “a expectativa é de que a rotina possa, em breve, voltar ao normal, para que possamos cumprir com o nosso dever, que é proporcionar uma vida digna ao idoso”.

Felizmente, a diretoria da Vila está trabalhando com estratégias para que os idosos não tenham suas rotinas alteradas internamente, a não ser os protocolos preventivos à covid. Além dos bazares e eventos, os internos contribuem com 70% da aposentadoria, valor destinado ao cuidado com os acolhidos. Os outros 30% são administrados em uma poupança individual, para as necessidades de cada pessoa.

Estabelecido anualmente, a Vila Vicentina está elaborando seu plano de ação, baseado em suas finalidades enquanto instituição e profissionais disponíveis. A medida pauta-se, principalmente, no fortalecimento da rede de proteção social especial de alta complexidade, por meio da parceria entre administração pública e organização da sociedade civil, objetivando a execução do serviço de acolhimento institucional para pessoas idosas.

COMO AJUDAR: Os interessados em contribuir com o trabalho da Vila São Vicente de Paulo de Itu devem entrar em contato pelo telefone: (11) 4024-9733. Segundo a diretoria, toda ajuda é bem-vinda, seja financeira ou por meio de doação de material. A Associação da Vila de São Vicente de Paulo fica na rua Luiz Gonzaga Bicudo, 1.435, Vila Nova, em Itu.

texto e foto: Murilo Pereira