Itu e Salto definem retomada nesta sexta; Veja atualização da pandemia na região

Casos de coronavírus ainda avançam, mas retomada da economia deve ocorrer na região

Prefeituras das duas cidades devem anunciar ainda esta semana o plano de flexibilização de acordo com a proposta do governo do Estado; região está na fase laranja, que permite retomada apenas de lojas, escritórios e shoppings, mas com restrições

 

Nesta sexta-feira, as Prefeituras de Itu e Salto devem anunciar as regras de flexibilização da quarentena, conforme o plano de retomada da economia anunciado na quarta-feira pelo governador João Doria.

 

Em Itu, o prefeito Guilherme Gazzola fará um pronunciamento na sexta-feira (29), às 11h, com transmissão pela página da Prefeitura no Facebook. Ele anunciará as diretrizes e os próximos passos sobre as ações de flexibilização na cidade, que ocorrerão a partir de 1º de junho.

 

A Prefeitura de Salto informou que diante das ações de flexibilização apresentadas pelo Estado, através do Plano São Paulo, a administração municipal discute as medidas e os próximos passos da retomada da economia, considerando as características do município. “Uma avaliação criteriosa envolvendo as Secretarias de Governo, do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, de Negócios Jurídicos, e também da Saúde, está sendo realizada desde a última semana com o plano municipal para retomada da economia e reabertura do comércio. As avaliações consideram também a Diretoria Regional de Sorocaba, da qual a nossa cidade faz parte, que está na classificada na fase 2 do Plano São Paulo. Esta classificação permitirá liberações a setores do comércio e serviços com restrições e protocolos sanitários”, destaca a nota encaminha à imprensa. O governo saltense espera ainda esta semana anunciar as diretrizes a serem aplicadas a partir de 1º de junho na cidade.

 

A Prefeitura de Indaiatuba, que já havia reaberto o comércio por três dias em abril, contrariando decreto estadual, foi questionada pela Revista Regional sobre o atual plano de flexibilização autorizado pelo governo do Estado, mas não retornou. O prefeito Nilson Gaspar deveria abordar o assunto numa live que seria transmitida na noite desta quinta pelas redes sociais da Prefeitura. A cidade também não divulgou o boletim epidemiológico deste 28 de maio.

 

ATUALIZAÇÃO DA PANDEMIA

 

Sem boletim nesta quinta-feira, os números apontavam para 244 casos confirmados de covid em Indaiatuba na quarta, dia 27. Eram 22 mortes e 209 recuperados, além de 13 internados.

 

Em Itu, a Secretaria Municipal de Saúde informou que a cidade registrou até esta quinta, 28 de maio, 148 casos confirmados, 259 descartados (exames negativos) e 21 aguardando resultados (13 internados e 5 em UTI). Até o momento, 85 casos de cura foram comunicados. A cidade registrou 17 óbitos positivos por coronavírus.

 

Salto possui 50 registros de infectados, sendo que 40 se recuperaram, 5 internados (sendo 2 em UTI), 4 em isolamento domiciliar e 1 morte. Há 13 casos que aguardam resultados. Destes, 3 estão em isolamento domiciliar, 10 em internação clínica (sendo 1 em UTI).

 

Foto: BIRF