Entrevista: Jesus Luz fala sobre carreira de ator

Modelo, DJ e ator. A carreira multifacetada de Jesus Luz continua a mil, mesmo após a paternidade, experiência que ele afirma ter mudado completamente sua vida. O modelo, que ganhou notoriedade mundial após o namoro com a pop star Madonna, concedeu esta entrevista exclusiva à REVISTA REGIONAL, no Rio de Janeiro, para falar sobre as novidades profissionais.

Pai da pequena Malena, fruto do casamento com a também DJ Carol Ramiro, Jesus Luz diz que a paternidade foi a experiência mais completa que já viveu, capaz de mudar completamente sua vida. Entre a moda e a música, Jesus ainda arruma espaço para a carreira de ator. Ele já participou das novelas “Aquele Beijo” e “Guerra dos Sexos”, na Globo, e estará, agora, no elenco da série “Reality Z”, com previsão de estreia para 2020, num serviço de streaming de vídeo. Confira, a seguir, os principais trechos da conversa que tivemos com o modelo.

REVISTA REGIONAL: Você despontou como modelo, porém hoje concilia esse trabalho com as carreiras de DJ e ator. Como é essa rotina profissional?

JESUS LUZ: Se organizar direitinho dá tempo para tudo! (risos) Acho importante ter uma equipe de profissionais trabalhando com você focados. Muitas vezes, faço um trabalho como modelo e toco na mesma cidade, ou aproveito minhas folgas das gravações para fazer shows, como aconteceu agora com a série que estou fazendo pela Netflix. São situações que só fluem com uma boa equipe ajudando.

Quando e como surgiu a ideia de ser DJ?

Sempre tive amigos DJs, mas foi durante a turnê da Madonna, no aquecimento para o show dela, que conheci o DJ Paul Oakenfold, que me entusiasmou muito a aprender. Ficava no palco com ele aprendendo ao vivo e sentindo toda aquela energia do público. Ali decidi que queria isso para mim.

Na TV, como foi sua experiência como ator? Tem intenção de voltar a atuar? Algum convite?

Foi maravilhosa, tanto em “Guerra dos Sexos” quanto em “Aquele Beijo”. Tenho a intenção de voltar sim. Estou estudando e acabei de fazer uma série para a Netflix. Esse ano quero potencializar minha carreira de ator sem abandonar meu lado DJ e modelo.

Recentemente, Madonna, sua ex-namorada, o citou numa entrevista ao programa “Fantástico”. Vocês ainda mantêm uma amizade, segundo ela. Como é essa relação após quase dois anos de romance?

Hoje, a nossa relação é de respeito e amizade. Torço pela felicidade dela acima de tudo.

Na entrevista na TV, ela disse que você foi o único namorado “safado” que ela conheceu…

Achei super bem humorado e engraçado o comentário. O senso de humor dela sempre foi um dos melhores traços da personalidade que sempre admirei, mas não entendi essa história de safado não. (risos)

Profissionalmente, Madonna esteve participando de alguns ensaios fotográficos e outros trabalhos que você fez. Mas há algum que ficou marcado? Alguma lembrança especial dessa época?

Acho que nosso ensaio para W Magazine, foi o início da minha carreira internacional como modelo.

Sua carreira de modelo começou numa viagem aos EUA, com seu primeiro book fotográfico, como você já contou numa outra ocasião. Porém, algo que chama a atenção é o fato de você se sentir inseguro naquela época, buscando inclusive ajuda terapêutica. Hoje como ator, DJ e também modelo, podemos dizer que toda aquela insegurança ficou enterrada no passado? Pode nos contar isso, a fim de incentivar os leitores e persistirem na carreira e nos sonhos?

A insegurança ainda me pega, às vezes. A diferença é que hoje em dia eu consigo domá-la e usá-la ao meu favor, como ferramenta para meu crescimento. Não devemos desistir dos sonhos por timidez ou insegurança. Acho legal abraçar o desafio e vencer nossos medos.

Falando em terapia, como você relaxa hoje em dia?

Através do contato com a natureza e treinos. Aqui, no Rio (de Janeiro), temos muitas cachoeiras e toda semana, eu vou meditar. A família também é a fonte de todo amor e equilíbrio. Muitas vezes não é fácil, mas o amor prevalece.

Malena, sua filha com a modelo Carol Ramiro, vai completar três aninhos. O que mudou em sua vida com essa experiência de ser pai?

Quando nasce um filho, nasce um pai também. Hoje me tornei menos egoísta e penso 24 horas por dia nela. Priorizo muito mais um domingão com a família do que saltando de paraquedas, por exemplo, que já foi minha prioridade.

Você participa ativamente do dia a dia da filha? Como é a rotina do Jesus pai?

Sou muito presente porque, graças a Deus, meu trabalho permite que eu cuide dela durante a semana. Mas, às vezes, não, dependendo do projeto que estou envolvido. Muitas vezes, ela não entende que o papai some quatro, cinco dias, viajando a trabalho, mas depois eu compenso passando bastante tempo com ela, assim a consciência não pesa.

Certa vez você cogitou atuar no cinema nos EUA. Essa possibilidade de se mudar do Brasil ainda existe?

Continuo recebendo testes e mandando para meu agente de lá. Tudo no seu tempo, enquanto isso, estudo e me preparo para as oportunidades.

O Brasil de hoje te inspira a acreditar num país melhor no futuro para sua filha?

Sou muito otimista, mesmo com tudo que estamos vivendo.

Seu nome tem um apelo enorme. E não é apenas artístico, correto?

Não, é meu nome mesmo! Na verdade, é Jesus Pinto da Luz. Adoro meu nome, sempre me trouxe energias boas.

Para terminar, uma pergunta que você já deve ter respondido várias vezes: como lida com as brincadeiras que fazem, principalmente as meninas nas redes sociais, com o seu nome?

Ah, eu me divirto muito! Acho que não faltando o respeito, tudo é válido. Muitas vezes, respondo e brinco junto.

Entrevista: Renato Lima

Fotos: Guilherme Logullo