Marcio Pitliuk: mais novo imortal da Acadil

Marcio é autor de 14 livros e prepara para lançar mais dois ainda em 2019

Considerado um dos maiores especialistas sobre Holocausto, no Brasil, Marcio é natural de São Paulo e mudou-se para Itu há um ano

O mais novo imortal da Academia Ituana de Letras, a Acadil, é o escritor Marcio Pitliuk, um dos maiores especialistas sobre Holocausto, no Brasil. Marcio é natural de São Paulo e mudou-se para Itu há um ano, depois de frequentar a cidade nas últimas duas décadas, quando fugia da loucura da capital paulista. Encantado pela cidade, ele vem se envolvendo com diversas atividades e afirma querer colaborar de forma positiva e sempre agregar coisas boas ao local que escolher viver. O novo membro da Acadil assumiu no último mês de julho a cadeira nº 04, que tem como patrono o Dr. Benedito Lázaro de Campos. O paulistano atuou por muitos anos como publicitário e hoje dedica-se às Letras, mas, além disso é teatrólogo, cineasta e palestrante. “Tudo começou quando eu tive o estalo de, como publicitário, documentar a Marcha da Vida. Entrei em contato com a organização mundial e com a autorização, levantei recursos e montei duas equipes, uma para um livro e outra para um filme”, explica Marcio. O ano em que ele realizou esse projeto, foi o vigésimo ano da marcha, que anualmente relembra a caminhada de judeus em direção a campos de extermínio no período da Segunda Guerra Mundial. “Naquele ano foi um evento muito grande, reunindo chefes de Estado e muitos sobreviventes do Holocausto. Alguns dizem que foi coincidência, mas, eu, como judeu, acredito que estava traçado”, aponta.

Com esse projeto, Marcio passou a entrevistar sobreviventes e a fazer muita pesquisa e leitura sobre o assunto e perdeu o interesse na Publicidade: “Perdi o interesse na minha própria agência e a vendi para me dedicar à escrita. Tornei-me escritor e cineasta em tempo integral”, conta rindo. O conhecimento adquirido entre suas pesquisas e registros de memórias dessas pessoas levaram-no, também, a realizar palestras pelo Brasil sobre o assunto. “Depois disso fiz outros filmes e escrevi outros livros, inclusive romances com a temática. Entrei nisso de cabeça mesmo”, ressalta.

O escritor já realizou dois longas-metragens e três curtas-metragens sobre o tema o Holocausto, com destaque para “Marcha da Vida” e “Sobrevivi ao Holocausto”. Márcio, que já publicou 14 livros, está se preparando para lançar mais dois esse ano e afirma que morar em Itu colabora muito para sua escrita e que ele deseja viver a cidade, cada vez mais. “Já que estou morando aqui, quero viver a cidade e fazer parte dela,

esse foi um dos motivos de eu ter me inscrito para fazer parte da Acadil”, finaliza o novo imortal.

texto: Gisele Scaravelli

foto: Luiz Rampazzo