Indaiatuba e Salto recebem “dentistas do bem”

Dentistas do Bem atenderão na região

A Turma do Bem – conhecida como TdB – é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), fundada em 2002 pelo dentista Fábio Bibancos, que tem como missão mudar a percepção da sociedade sobre a questão da saúde bucal e da classe odontológica com relação ao impacto socioambiental de sua atividade.

Atualmente o projeto Dentista do Bem é o carro chefe da TdB e conta com o trabalho voluntário de cirurgiões-dentistas que atendem crianças e adolescentes de baixa renda,proporcionando-lhes tratamento odontológico gratuito até completarem 18 anos. Esse projeto já pode ser visto em mais de 900 municípios dos 26 Estados e Distrito Federal do Brasil, recrutando mais de 14 mil dentistas voluntários. Fora do país, os “dentistas do bem” estão em Portugal e em dez países da América Latina. E aqui na região, podemos contar com profissionais em Salto, Itu e em Indaiatuba.“O cirurgião-dentista compromete-se a realizar o tratamento e o atendimento preventivo de uma ou mais crianças até a idade de 18 anos. O atendimento é realizado em seu consultório particular utilizando materiais de qualidade. Esse voluntário é considerado o responsável clínico pelo pacientee deve promover condições para a realização de todos os procedimentos que forem necessários.A seleção é feita por meio de uma triagem, utilizando-se de um índice de prioridade odontológica, que identifica a criança que possui as piores condições bucais, as mais necessitadas economicamente e as que estão mais próximas do primeiro emprego. Essas crianças e jovens pertencem à rede pública de ensino ou algum projeto de assistência social e que não tiveram oportunidade de acesso a um tratamento odontológico adequado”, conta Claudio Barufaldi, coordenador da Turma do Bem em Salto. Na cidade, cerca de 20 crianças são atendidas pelos 11 dentistas voluntários. E a intenção é de que no próximo dia 18 de março mais crianças e adolescentes da cidade possam ter sua saúde bucal assistida de perto por bons profissionais. “A triagem em Salto ocorrerá no Centro Comunitário do Bom Retiro, com cerca de 50 crianças. Graças ao apoio da secretária municipal, Eliana Moreira, conseguimos ampliar o número de pacientes atendidos”, conta o dentista.O evento acontece simultaneamente em todo o Brasil e em outros dez países da América Latina e Portugal. O processo de triagem é simples, rápido e não invasivo: o dentista faz um exame visual da condição bucal de cada jovem e preenche uma ficha com dados sobre a saúde bucal e a condição socioeconômica da família. Após essa fase é elaborado um pequeno dossiê de cada criança e adolescente com a ficha de avaliação, uma cópia do comprovante de residência e a autorização dos pais ou responsáveis para que o tratamento seja realizado.Cada selecionado recebe uma carta com o nome e o endereço do dentista voluntário que será responsável pelo seu tratamento; para facilitar o acesso, a TdB encaminha o beneficiário para o consultório mais próximo da sua residência.Os dentistas voluntários atendem, em seus próprios consultórios, as crianças e os adolescentes selecionados até eles completarem 18 anos. Curativo, preventivo e educativo, o tratamento é totalmente gratuito e completo, incluindo, se necessário, radiografias, ortodontia, próteses e implantes, por exemplo.

 foto: Divulgação