Autor da região estará na Bienal do Livro de SP

  • Livro “Quando as borboletas voam do sertão…”, de Renato Lima, publicado no Brasil e em Portugal, terá lançamento presencial no evento, em São Paulo;
  • Bienal volta a ser realizada após interrupção pela pandemia e vai homenagear Portugal e seus escritores

Romance estará disponível na Bienal de SP

A Bienal Internacional do Livro de São Paulo é o palco para o encontro das principais editoras, livrarias e distribuidoras do país. Esse reencontro, após interrupção pela pandemia, está marcado para os dias 02 a 10 de julho, no Expo Center Norte com uma programação multicultural abrangente mesclando literatura, gastronomia, cultura, negócios e muita diversão!

 

O evento é palco para celebrar a transformação que os livros fazem na vida das pessoas e, para celebrar a retomada presencial, essa edição histórica terá como convidado de honra – Portugal, como forma de celebrar os 200 anos da independência do Brasil, países unidos eternamente pela língua mátria. 

 

Logo no primeiro dia da Bienal, a região estará representada com o escritor e jornalista Renato Lima, editor da Revista Regional, e autor do romance “Quando as borboletas voam do sertão…”, publicado pela Chiado Books, no Brasil e também em Portugal. Renato estará no stand A77 do Grupo Editorial Atlântico, detentor do selo Chiado Books, no sábado, 02 de julho, das 18h às 19h, quando também autografará os exemplares aos leitores presentes.

 

LIVRO FALA SOBRE INTOLERÂNCIA

 

Publicado em 2021, o romance “Quando as borboletas voam do sertão…” trata da questão da intolerância e da homofobia: aos oito anos, num ambiente áspero e hostil, o pequeno Romualdo troca as brincadeiras de bola e de carrinho pelas bonecas de sua amiguinha. Delicado no jeito de ser e de falar, ele enfrenta a discriminação e a ira do próprio pai, que não aceita um filho diferente. No sertão nordestino arrasado pela seca do início da década de 1980, o garoto tem de sobreviver à miséria e ao destino cruel e violento traçado pelo pai. Mas seus caminhos mudam por completo após uma fatalidade. E, assim, Romualdo parte do sertão rumo a São Paulo.

 

“Quando as borboletas voam do sertão…” narra a trajetória deste garoto, que sobrevive à intolerância do pai, e passa a viver longe de sua família. Da infância até a idade adulta, suas descobertas, seus amores, as incertezas e os desafios de um menino que sonhou grande. “Os voos de uma borboleta que fugiu da morte anunciada para encontrar vida em outros campos”, define o autor.

 

O livro, publicado pela Chiado Books, de Lisboa, já está sendo vendido no Brasil e em Portugal, tanto no formato físico quanto e-book. No Brasil, a obra pode ser adquirida nas principais livrarias online e no link: http://encurtador.com.br/bcwzV

 

ATENÇÃO: para adquirir o ingresso da Bienal, acesse: http://encurtador.com.br/rstwN

  

foto: Reprodução