Região terá ‘Dia D’ contra o sarampo

Criança sendo vacinada em posto de saúde de Indaiatuba

Prefeituras de Itu e de Indaiatuba divulgaram como será a campanha de vacinação no Dia D de mobilização contra o sarampo e a gripe no próximo sábado, dia 30 de abril

 

No próximo sábado, 30 de abril, ocorre o Dia D de mobilização social da 8ª Campanha Nacional de Seguimento e de Vacinação contra o Sarampo, para atualizar a situação vacinal dos trabalhadores da Saúde e aplicar uma dose da vacina tríplice viral em todas as crianças de 6 meses a menores de 5 anos. Na região, as Prefeituras de Itu e de Indaiatuba divulgaram como será a campanha em cada cidade.

 

Nessa data, a vacinação será realizada em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Itu, das 8h às 17h. Na oportunidade também haverá aplicação de vacina contra a covid e a influenza para os grupos contemplados. E, no período de 26 a 29 de abril, a Secretaria Municipal de Saúde de Itu prossegue com a vacinação contra a covid e contra a influenza em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), das 7h às 17h, sendo que a UBS 02 e a UBS 05, localizadas respectivamente no Jardim União e no Rancho Grande, permanecem abertas até as 19h. Pessoas com 60 anos ou mais e trabalhadores da Saúde podem receber a vacina contra a influenza.

 

Em Indaiatuba, a Prefeitura informou que os imunizantes contra o sarampo e a gripe para os públicos contemplados pela campanha serão aplicados em 13 pontos de vacinação no sábado, 30. Das 9h às 17h, o público pode procurar pela vacinação na Praça Dom Pedro, no Centro da cidade. Já das 8h às 12h, as unidades básicas de saúde disponíveis serão: UBS Cecap, UBS 4 (Jardim Morada do Sol), PSF Parque Indaiá, UBS Itaici, UBS 10 (Jardim Califórnia), UBS João Pioli, PSF Carlos Aldrovandi, UBS Camargo Andrade, UBS 1 (Hospital Dia), UBS 7 (Jardim Morada do Sol) e PSF Parque Corolla. Haverá também vacinação no Lançamento Fauna e Flora realizado no Parque da Criança, no sábado, das 9h às 15h30.

 

Para ser imunizado é necessário apresentar um documento com foto e a carteira de vacinação, tanto para adultos quanto para crianças contemplados. Desde a última atualização do Ministério da Saúde, pessoas a partir de 13 anos que tomaram a vacina contra a covid-19 não precisam mais aguardar os 15 dias para tomar a da gripe ou sarampo. As vacinas para as crianças menores inclusive podem ser tomadas concomitantemente, ou seja, ao mesmo tempo.

 

INFLUENZA

 

O principal objetivo da campanha é prevenir o surgimento de complicações decorrentes da gripe. Com as variações de temperatura, o organismo fica exposto a doenças respiratórias, em virtude também da umidade do ar. A vacina evita um surto que pode ser causado pela influenza e, consequentemente, impede uma possível sobrecarga no sistema de saúde.

 

SARAMPO

 

A vacinação contra o sarampo permite interromper a circulação ativa do vírus do sarampo no país, minimiza a carga da doença, protege a população, além de reduzir a sobrecarga sobre os serviços de saúde em decorrência de mais esse agravo.

 

foto: Eliandro Figueira RIC/PMI