Itu instala PS para surto de gripe; Pandemia de covid segue estável na região

  • Pronto Atendimento de Síndromes Respiratórias e Gripais passa a funcionar em Itu a partir desta quinta, dia 06;
  • Na região não houve novas mortes por covid registradas entre 23 de dezembro e 03 de janeiro, conforme boletins divulgados pelas Secretarias de Saúde locais

A partir desta quinta-feira, 06 de janeiro, o Pronto Atendimento (PA) de Síndromes Respiratórias e Gripais passa a funcionar diariamente, das 7h às 22h. O serviço será instalado no prédio da Santa Casa (acesso pela rua Pedro de Paula Leite) e atenderá casos de gripes com sintomas leves e moderados.

Segundo o governo ituano, esse atendimento também será prestado na Unidade Básica de Saúde – UBS 11, situada na rua Osasco, s/n, Cidade Nova I, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

O novo serviço, que passa a funcionar nesta semana, tem por objetivo atender pacientes com suspeita de gripe, considerando o aumento de aproximadamente 40% de casos da doença na cidade de Itu no período de 20 de dezembro até a segunda, dia 03 de janeiro.

Aos finais de semana, pessoas com suspeita de síndromes respiratórias e gripais devem se dirigir ao PA, das 7h às 22h; à Unidade de Pronto Atendimento – UPA, no Bairro Nossa Senhora Aparecida, ou ao Pronto Atendimento Municipal (PAM) da Vila Martins, ambos com funcionamento durante 24 horas.

COVID

A área de cobertura da Revista Regional não registrou novos óbitos por covid entre os dias 23 de dezembro e 03 de janeiro, conforme boletins divulgados pelas Prefeituras de Itu, Salto e Indaiatuba. Internações seguem em queda e há alas vazias para casos de covid nos hospitais da região.

Cai número de covid, mas aumenta de gripe na região

Salto, segundo os últimos balanços diários, entre 23 de dezembro e 03 de janeiro, confirmou 74 casos da doença, mas sem novos óbitos. O Hospital Municipal está sem pacientes internados por covid na Enfermaria, mas a UTI tem 17% de ocupação, mesmo índice da UTI da Unimed. Já a ala clínica da rede privada está com 5% de leitos em uso. O acumulado de casos e mortes não está mais sendo divulgado pela Prefeitura de Salto, afetando a transparência dos dados da pandemia.

O número de novos contaminados por covid em Indaiatuba entre 23 de dezembro e 03 de janeiro foi de 156, segundo a Secretaria de Saúde local. A cidade não registrou óbitos com diagnóstico positivo para covid nesse período. Desde o início da pandemia, 32.803 pessoas contraíram o novo coronavírus, 800 morreram e 32.002 são consideradas curadas. A rede privada está sem pacientes internados por covid. Já no Haoc, os leitos clínicos e intensivos estão com 70% de ocupação.

Itu, durante o período de recesso das festas de fim de ano, divulgou um único boletim, no dia 28 de dezembro. Entre 23 e 28 do mês passado, de acordo com a Secretaria de Saúde local, foram registrados 43 infectados e soma agora 21.600 casos confirmados desde o início da epidemia, com 546 mortes e 21.022 recuperados. Na Santa Casa, a Enfermaria está vazia e a UTI tem 30% dos leitos ocupados. A partir desta semana, a Prefeitura de Itu não emitirá mais boletins diários sobre a pandemia, será semanal.  

VACINA SIM!

Acompanhe os números de vacinados na região, segundo levantamento feito pela Revista Regional.

– Indaiatuba: 213.768 foram vacinados com a primeira dose; 213.350 com dose única ou segunda dose; e 72.499 com a dose de reforço;

– Itu: 147.814 receberam a primeira dose; 136.718, a segunda; 35.029, a dose adicional; e 5.159, dose única;

– Salto: 104.516 pessoas receberam a primeira dose; 94.643, a segunda ou dose única; e 23.623, a terceira.

 

foto: BIRF