Mais 3 mortes por covid na região; Internações seguem em queda

  • Os óbitos ocorreram em Itu e Salto;
  • Veja situação da pandemia na região e o avanço da vacinação em cada cidade

A área de cobertura da Revista Regional confirmou 3 novas mortes por covid-19, conforme boletins epidemiológicos divulgados pelas Prefeituras entre terça, 05, e quarta-feira, 06 de outubro. Foram 2 em Itu e 1 em Salto.

Covid tem novos casos e mortes, mas internações em queda

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Itu, as vítimas tinham 75 e 77 anos e estavam internadas em hospitais locais. No período, foram diagnosticados 15 novos casos positivos e, com isso, a cidade totaliza 21.319 desde o início da epidemia, com 537 mortos e 20.742 recuperados. A taxa de ocupação de leitos na Santa Casa é de 30% na Enfermaria e também na UTI.

Outra morte por covid foi registrada em Salto: o paciente tinha 83 anos. No período, foram acrescentados mais 184 infectados. O município soma 15.440 casos confirmados, 430 óbitos e 15.010 recuperados. Na rede pública, a UTI está com 17% de ocupação e a Enfermaria, 9%. Já na Unimed, a UTI está vazia e os leitos clínicos estão 5% ocupados.

Indaiatuba não teve novas mortes por covid no período. Segundo a Secretaria de Saúde local, foram registrados 92 casos e 4 suspeitos. Desde o início da pandemia, 31.990 pessoas contraíram o novo coronavírus na cidade. Dessas, 789 morreram e 31.193 são consideradas curadas ou estão em recuperação domiciliar. Os leitos clínicos têm 60% de ocupação no Haoc e 13% no Santa Ignês. As UTIs estão com 80% de ocupação no Haoc e 21% no Santa Ignês. A alta na taxa de ocupação de leitos do Haoc se deve à redução no número de vagas para pacientes com covid.

VACINA SIM!

Acompanhe os números de vacinados na região, conforme levantamento feito pela Revista Regional.

– Indaiatuba: 205.211 foram vacinados com a primeira dose; 164.906 com dose única ou segunda dose; e 4.294 com a dose de reforço;

– Itu: 143.183 receberam a primeira dose; 106.238, a segunda; 3.128, a terceira; e 5.159, dose única;

– Salto: 100.951 pessoas receberam a primeira dose; 68.898, a segunda ou dose única; e 2.103 a dose de reforço.

 

foto: BIRF