Carlos Costa e os 40 anos da Costa Rocha

A trajetória do empresário saltense Carlos Costa é repleta de trabalho e inspiração

 

Idealizador de uma das imobiliárias mais conceituadas de Salto e região, Carlos Costa trabalhou muito para concretizar a Costa Rocha Consultoria de Imóveis. Durante 48 anos, foi também funcionário de uma rede varejista nascida em Salto, onde entrou como office boy e encerrou a carreira como um dos principais executivos da empresa. Formado em Direito, foi com os colegas de faculdade que começou a se interessar pelo mercado imobiliário. Aos poucos, criou uma carteira de clientes e, após o expediente na empresa onde atuava, fazia visitas aos imóveis para fechar as vendas. “Foi muita luta, sacrifício, dedicação e empenho. Nada caiu do céu e tudo foi com muito trabalho. Quantas crises financeiras que o Brasil passou e conseguimos sobreviver a todas elas, fora os plantões durante anos na beira da rodovia Castello Branco aos finais de semana e feriado (para venda de imóveis naquelas imediações), relembra.

Carlos Costa celebra os 40 anos da Costa Rocha Consultoria de Imóveis

 

Agora, no segundo semestre, a Costa Rocha Imóveis completa 40 anos e um dos maiores orgulhos profissionais na vida de Carlos é ter construído uma empresa íntegra, que durante toda a sua jornada priorizou o comprometimento, seriedade, transparência e demonstração do profissionalismo com a causa dos clientes. “Sempre brinco que o nosso negócio é igual casamento, pois é na alegria e na tristeza, mas o nosso cliente sempre vai ficar sabendo o que está acontecendo na sua transação comercial e isso o deixa ainda mais seguro em relação ao nosso trabalho. Todo mundo busca o mesmo foco, mas, para nós, é imprescindível ser transparente e dar segurança”, comenta.

 

Outro motivo de agradecimento, ao longo dessas quatro décadas, foi atender indústrias, grandes varejistas, construtoras, até a realização do sonho do primeiro imóvel negociado. De acordo com Carlos, isso só foi possível por conta de muito estudo, inteligência de mercado e dedicação. Atualmente, a Costa Rocha trabalha com compra, venda, locação e administração de imóveis, além de construção e gerenciamento e coordenação de lançamentos no mercado imobiliário. A empresa atua em Salto e região, Grande São Paulo, litoral e até mesmo no exterior. Sua comercialização de imóveis vai desde o “Casa Verde e Amarela”, programa do governo federal, até as indústrias.

 

Outro diferencial que Carlos se orgulha é poder ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos. A imobiliária é correspondente da Caixa Econômica Federal, que ainda possui a melhor taxa de juros do mercado. “Conseguimos agilizar a documentação e fazemos tudo dentro do escritório. Cuidamos de toda a parte burocrática, documentação e, caso não tenha na nossa carteira de imóvel, o que o cliente pode pagar e quer, vamos atrás do que ele precisa. Muitas vezes, construímos o imóvel de acordo com a modalidade e valor disponibilizado pela CEF e o cliente só precisa ir ao banco para assinar o contrato”, ressalta.

 

Para isso, possui uma equipe de profissionais especializados e disponibiliza aos clientes toda a segurança que envolve a transação comercial de um imóvel, independentemente do seu valor. No escritório, são tiradas as certidões de todas as pessoas envolvidas em um processo de compra e venda, ou até mesmo aluguel. Também é feita uma análise minuciosa dos documentos e rotinas administrativas, facilitando a vida do cliente.

 

A hora é agora

 

Carlos afirma que estar focado em prestar o melhor atendimento ao cliente foi fundamental no fluxo migratório que invadiu o Interior durante a pandemia. Para o empresário, o mercado imobiliário da região foi muito impulsionado. “Muitas famílias descobriram a região e as novas formas de trabalho permitiram a escolha por viver em uma cidade menor, porém estruturada. Nossa procura por venda e locação foi muito grande e, pela primeira vez em 40 anos, tínhamos mais procura do que imóveis para ofertar. Apesar de tudo de ruim que a pandemia trouxe, esse movimento no setor nos surpreendeu muito”, afirma.

 

O empresário ressalta que esta tendência deve permanecer ainda em 2021 e provavelmente no próximo ano e que, após um momento em que os preços estavam mais baixos, o mercado imobiliário já começou a rever os valores praticados. “A hora de comprar imóvel é agora, pois os preços já começaram a sinalizar um viés de alta, então, quem quiser fazer um bom negócio tem que aproveitar já”, explica.

 

Para 2021, os planos de Carlos são começar a comercialização de um condomínio residencial em Salto. São 85 casas, com dois dormitórios e área de lazer, direcionado para pessoas que até então não tinham acesso. O objetivo é que possam realizar o sonho do imóvel próprio, com mais conforto. Além disso, a Costa Rocha pretende retomar a construção de casas de alto padrão e disponibilizar novamente esta facilidade aos clientes.

 

 

texto: ALINE QUEIROZ

foto: FELIPE RUBINATTO