Estado bate recorde de vacinas aplicadas; Mais 4 mortes por covid na região

Novos casos e mortes por covid em Itu e Indaiatuba

Itu teve mais 3 mortes por covid e Indaiatuba, 1; Estado de São Paulo aplicou mais de 3,1 milhões de doses de vacina contra covid-19 na semana passada; Depois de Itu e Salto, Indaiatuba atingiu 50% da população vacinada com a 1ª dose

O Estado de São Paulo bateu recorde e aplicou somente na semana passada, de 18 a 24 de julho, 3.175.003 de doses da vacina contra a covid-19. Entre os dias 18 e 24 de julho, os 645 municípios registraram 2.116.161 de aplicações de primeira dose, 1.003.648 de segunda dose e 55.194 de dose única. Na região, depois de Itu e Salto, Indaiatuba também atingiu 50% da população vacinada com uma dose.

Entre segunda e sexta-feira, os municípios registraram uma média de 567 mil doses aplicadas. Somente na última quarta-feira, 21, foram 618.818 doses. Segundo dados do Vacinômetro de domingo, 25, até às 16h30 foram 34.464.379 doses aplicadas, sendo que 74,23% da população com mais de 18 anos foi imunizada com pelo menos uma dose. Mais de 20% da população geral do Estado já estão com o esquema vacinal completo, ou seja, tomaram duas doses ou receberam uma vacina de dose única.

Na sexta, 23, depois de Itu e Salto, Indaiatuba alcançou a marca de 50% da população imunizada com pelo menos a 1ª dose da vacina contra a covid-19. São 128.123 pessoas que já receberam o imunizante que protege, parcialmente, contra o novo coronavírus. E ainda 44.959 cidadãos receberam a 2ª dose e outras 6.860, dose única, totalizando 51.819 pessoas imunizadas completamente. Para entender, segundo dados do IBGE, divulgados em 2020, a população estimada de Indaiatuba é equivalente a 256.223 habitantes.

NOVAS MORTES NA REGIÃO

A área de cobertura da Revista Regional somou mais 4 mortes por covid: foram 3 em Itu e 1 em Indaiatuba, na sexta, 23. Salto não teve novos boletins divulgados pela Prefeitura desde o dia 21 de julho.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Itu, as vítimas tinham entre 50 e 75 anos. A cidade diagnosticou 85 casos positivos da doença e totaliza 20.074 confirmados, 495 óbitos e 18.517 recuperados. Há 23 suspeitos aguardando resultados, 19 pacientes internados em leitos clínicos e 19 em UTI. A taxa de ocupação de leitos é a seguinte: Hospital Municipal – Enfermaria 71,43% e UTI 87,50%; Hospital de Campanha – Enfermaria 41,30% e UTI 60%; Santa Casa – UTI 70,59%.

Em Indaiatuba, também foi confirmado 1 óbito: o paciente tinha 44 anos. No período entre sexta, 23, e sábado, 24, a cidade teve mais 227 infectados e há 1.557 suspeitos. Desde o início da pandemia, 28.637 pessoas contraíram o novo coronavírus. Desses, 715 morreram e 27.863 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar.

Os leitos clínicos estão com 52% de ocupação no Haoc e 50% no Santa Ignês. Já as UTIs estão com 79% dos leitos ocupados no Haoc, 69% no Santa Ignês e 71% na chamada UTI Externa, que corresponde às vagas extras contratadas pela Prefeitura em hospitais de Campinas.

A Prefeitura não divulgou, até a conclusão desta matéria às 10h30 desta segunda, 26, novas atualizações da pandemia. Segundo o último boletim, até o dia 21, a cidade totalizava 11.580 contaminados, 356 óbitos e 11.209 recuperados. A rede pública permanecia com a UTI lotada. Na Unimed, a unidade intensiva tinha 88% de ocupação e a Enfermaria, 50%. Já a ala clínica do Hospital Municipal estava com 65% dos leitos ocupados.

VACINA SIM!

Acompanhe os números de vacinados contra a covid na região, conforme levantamento feito pela Revista Regional.

– Indaiatuba: 128.962 foram vacinados com a primeira dose e 51.859 com dose única ou segunda dose;

– Itu: 91.548 receberam a primeira dose, 24.994, a segunda, e 5.152, dose única;

– Salto: 65.482 pessoas receberam a primeira dose e 17.906, a segunda ou dose única.

foto: BIRF