Beach tennis, o queridinho da vez

O professor Flavinho Arouca na Smash Arena, em Salto

  • Apesar da alta procura pelas aulas de beach tennis durante a pandemia, o esporte existe há mais de 30 anos e, desde 1996, passou a ser profissionalizado por conta das novas regras

A pandemia do novo coronavírus deu espaço a um novo comportamento da sociedade. Tudo mudou e passou por uma adaptação para seguir em frente diante da ameaça da covid-19. O trabalho presencial perdeu força e o home office se tornou alternativa para empresas e escritórios antes lotados de funcionários, as compras online cresceram ainda mais, entre outras mudanças comportamentais.

A prática de esportes também ganhou uma nova roupagem. Academias se adequaram para voltar ao funcionamento e os esportes coletivos, por enquanto, aguardam liberação sanitária para um retorno mais seguro. Com isso, as modalidades esportivas individuais ou em duplas ganharam espaço no Brasil, que tem como queridinho da vez o beach tennis.

Apesar da grande procura atual, o beach tennis surgiu na Itália há mais de 30 anos, mas desde 1996 ganhou algumas regras semelhantes às aplicadas no tênis, o que modernizou a prática e deu os primeiros passos rumo à profissionalização. Para saber mais sobre o esporte, a Revista Regional conversou com o atleta profissional de beach tennis, 59° do ranking mundial da Internacional Tennis Federation (ITF), Flavinho Arouca, que também é professor da modalidade na Smash Arena, recém-inaugurada em Salto, e uma das únicas arenas de beach tennis da região. Para o jogador, a modalidade já estava em crescimento antes mesmo da pandemia, principalmente no Interior paulista, mas notou uma maior procura assim que as regras da quarentena foram afrouxadas no segundo semestre de 2020.

“Acredito que a procura pelo beach tennis se deu por vários motivos, entre eles, por haver certo distanciamento e ser praticado em duplas ou no famoso ‘1 x 1’. Muitas pessoas nem cogitavam a prática do esporte antes, mas o fato de poder praticar ao ar livre acabou intensificando a procura. Outro ponto favorável é a questão do sol e os benefícios da vitamina D, citada como agente capaz de trazer resultados positivos em condições relacionadas à imunidade”, afirma Flavinho.

O professor ressalta que, além da prática ao ar livre relacionada à qualidade de vida do atleta, o beach tennis é um esporte que favorece a queima calórica, fortalecimento muscular e considerado tecnicamente fácil, de técnicas simples e que permitem uma evolução rápida ao longo da frequência. “É um esporte que consegue ser praticado por toda a família e permite um momento a mais de interação entre eles. É indicado para qualquer pessoa, incluindo crianças, jovens, adultos, idosos e até mesmo os que estão acima do peso”, comenta.

O beach tennis existe há 30 anos mas tornou-se o queridinho do momento, por conta da prática ao ar livre e individual ou em dupla

O casal Leticia Ferraz Rangel Trinca e Bruno Sakkas Bueno sempre foi apaixonado por esportes com raquetes. O beach tennis foi apresentado a eles por amigos e, há um ano, o casal vem praticando o esporte. “Praticamos há um ano e estamos sempre buscando aprimorar, com a ajuda do nosso professor Flavio, que se dedica com muito profissionalismo e nos ensina de uma forma que estamos evoluindo e buscando sempre novos resultados”, ressalta Letícia.

Para ela, além de todo o bem que a prática esportiva pode trazer à saúde, o beach tennis proporciona conhecer novas pessoas e a oportunidade de jogar com atletas de diferentes níveis, o que favorece o aprendizado e aprimoramento do conceito do esporte. “Nesse período difícil que estamos passando da pandemia, o beach tennis, por ser um esporte praticado ao ar livre, nos deu a oportunidade de praticar uma atividade física com distanciamento e segurança. É um esporte extremamente divertido, praticado em quadra de areia que remete bastante ao clima praiano, é leve e realmente dá para espairecer a mente. Quem busca cuidar da saúde e se divertir, o beach tennis é uma boa opção”, conclui.

 

O esporte e seus benefícios

Conheça os benefícios da prática de beach tennis, segundo o professor Flavinho Arouca:

Confronta a depressão e ansiedade

O fato de ser praticado em um ambiente que simula uma praia, com o pé na areia, o exercício confronta a enfermidade e promove ainda mais bem-estar.

Saúde para o coração

A prática do exercício na areia favorece ainda mais a saúde, além de fortalecer e melhorar o sistema cardiovascular, por conta de sua intensidade e dinâmica.

– Combate ao colesterol

Com o corpo em movimento intenso na areia, a gordura em excesso é eliminada, o que ajuda na manutenção da saúde e evita o sangue de ser invadido por um alto nível de gordura.

Melhora o condicionamento físico

Esportes na areia são ótimos para promover a melhoria de vida das pessoas com uma prática regular.

– Fortalece os músculos

A regularidade de aulas é essencial para fortalecer o corpo. O aluno estará sempre malhando e se divertindo.

– Queima de calorias

Esportes na areia estimulam a queima de calorias, pois mexe com o corpo de forma intensa. Atividades neste terreno são favoráveis para quem deseja eliminar gordura corporal, pelo dinamismo de lazer neste solo.

– Evita lesões

O impacto dos músculos na areia em meio aos movimentos dinâmicos do esporte, são amortecidos pela qualidade do terreno, evitando lesões.

 

MAIS: A Smash Arena fica na avenida Brasília, 602, Jardim Fabbri, em Salto.

Instagram: @smashbtsalto

texto: Aline Queiroz

fotos: Felipe Rubinatto