Em 24h, região soma 243 novos casos e 1 morte por covid

  • UTI da rede privada continua lotada em Indaiatuba;
  • Leitos contratados em Campinas estão com 75% de ocupação;
  • Itu e Salto sem mortes nesta terça, 08 de dezembro

Novos casos em toda a região

Em 24 horas, as cidades de Itu, Salto e Indaiatuba registraram mais 243 novos contaminados pelo coronavírus, sendo 144 deles em Indaiatuba, a mais atingida pela pandemia na região.

A cidade ainda teve mais uma morte pela covid, totalizando 259 desde o início do surto. O óbito ocorreu no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo): um homem de 66 anos, internado desde o dia 28 de novembro.

Desde março, quando registrou o primeiro caso de covid, 9.971 pessoas contraíram a doença no município. Desses, 9.667 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar. Há 892 casos suspeitos aguardando resultados de exames.

Segundo boletim da Vigilância Epidemiológica, nesta terça, dia 08, Indaiatuba tem 67 internados, dos quais 45 estão confirmados para covid-19. Do total, 40 estão em leitos clínicos e 27 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Na rede privada, a UTI do Santa Ignês continua lotada; já a do Haoc, que atende pacientes do SUS, está com 79% de ocupação. Os leitos externos contratados pelo governo local em Campinas estão com 75% de ocupação.

Itu não teve mortes confirmadas por covid nesta terça, mas registrou 44 novos contaminados, segundo boletim divulgado pela Prefeitura. A Secretaria Municipal de Saúde informa que a cidade tem o total de 4.429 casos desde o começo da pandemia, com 108 mortes e 4.201 recuperados.

Há 238 suspeitos aguardando resultados de exames, 16 pacientes internados em leito clínico e 8 em UTI. A taxa de ocupação das UTIs está em 87,5% no Hospital Municipal e 50% no Hospital de Campanha.

Em Salto, foram contabilizados mais 55 infectados nas últimas 24 horas. A Prefeitura informou que não houve mortes confirmadas pela covid nesta terça, 08. A cidade tem o total de 3.991 casos confirmados, 82 óbitos e 3.830 recuperados. Há 10 pacientes internados (sendo 5 em UTI), 69 em isolamento domiciliar e 28 suspeitos que esperam resultados de testes (destes, 5 estão em internação clínica).

A UTI do Hospital Municipal está com 50% de ocupação; já o índice da rede privada não foi divulgado.

 

foto: BIRF