Covid: região tem 102 infectados em 24h; Mais 1 morte em Indaiatuba

  • Salto tem 3 mortes suspeitas da doença em investigação;
  • Maior número de novos casos foi em Indaiatuba, com 62

A região confirmou 102 novos infectados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, além de uma morte em Indaiatuba e 3 suspeitas em Salto. Veja a atualização da pandemia em Itu, Salto e Indaiatuba nesta terça-feira, 22 de setembro.

Indaiatuba registrou mais uma morte por covid: o paciente tinha 72 anos e estava internado no Centro Médico, em Campinas. O óbito ocorreu no dia 17, mas só foi comunicado à Secretaria de Saúde da cidade nesta terça.

Indaiatuba teve 62 casos nas últimas 24h

Também nesta data foram acrescentados mais 62 casos positivos da doença, totalizando agora 6.752 confirmados desde o começo da pandemia, sendo que 198 pacientes morreram, 6.512 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar e 42 confirmados continuam internados, quatro a mais que no dia anterior.

Ainda há outros 358 suspeitos aguardando resultado de exame. Atualmente, há 41 pessoas internadas em leito clínico e 23 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação das UTIs está em 67% no Haoc e 58% no Hospital Santa Ignês.

Itu não teve mortes novamente e registrou 21 novos infectados nas últimas 24 horas. Com isso, a cidade soma 2.871 casos desde que começou o surto de covid, sendo que 88 pacientes morreram e 2.707 se recuperaram. Há 88 suspeitos à espera de resultado de teste e 15 pacientes internados em leito clínico, além de 7 em UTI. A taxa de ocupação das UTIs está em 87,5% no Hospital Municipal e 16,66% no Hospital de Campanha.

Em Salto, foram 19 novos contaminados em 24 horas. A cidade tem um total de 2.485 casos confirmados da doença desde o início da epidemia. Destes, 60 pacientes morreram, 2.396 se recuperaram, 8 seguem internados (sendo 3 em UTI) e 21 estão em isolamento domiciliar.

Ainda há 57 casos suspeitos esperando resultado de exames. Destes, 27 estão em isolamento domiciliar, 2 em internação clínica e há 3 óbitos suspeitos da doença. A taxa de ocupação da UTI do Hospital Municipal está em 66% nesta terça-feira.

 

foto: BIRF