Museu da Música participa da ‘14ª Primavera dos Museus’

Miguelzinho Dutra em aquarela, acervo do Mahmi

Eventos contam com tecnologia para preservar a memória da música ituana; veja a programação completa

Entre 19 e 27 de setembro o Museu da Música – Itu está participando da 14ª edição da Primavera dos Museus. Neste ano tem por tema “Mundo Digital – Museus em Transformação”, com atividades não presenciais, realizadas através de meios digitais.

A novidade é que o museu conta com um novo canal de comunicação através do Instagram. A conta @museudamusicaitu já será o meio para divulgação de uma live sobre a música indígena.

Outros eventos serão realizados através do site www.museudamusicaitu.com.br. O tema deste ano avalia o potencial das redes sociais para a ação cultural dos museus. Alguns materiais já estão disponíveis no site da instituição. Confira a programação:

– Mostra virtual “Miguel Dutra, um compositor ituano”

Desde sábado, dia 19 de setembro, está disponível no endereço: http://museudamusicaitu.com.br/mostra-virtual/ a mostra digital que divulga alguns aspectos da obra do compositor ituano Miguel Dutra (1812 – 1875). Entre outras informações e gravações, revela a trajetória de um jovem negro que teve oportunidade de estudos e atuou como agente cultural em Itu, Itatiba e Piracicaba. A mostra tem curadoria de Luís Roberto de Francisco, Marco Leite Ribeiro, Natan Coleta, Paulo Zeppini e William Mattei.

– Diálogo 2020 “Miguel Dutra, um compositor ituano”

O Diálogo, em vídeo gravado, disponível a partir de 20 de setembro, trata da vida de Miguel Dutra e o potencial de sua obra para a educação e a cidadania na atualidade. Conta com a participação dos pesquisadores do Museu da Música – Luís Roberto de Francisco, Marco Ribeiro, Natan Coleta e a produção de William Mattei. Acesso http://museudamusicaitu.com.br/dialogos/ e Instagram @museudamusicaitu.

– Ação Educativa “Do acervo ao concerto”

A ação educativa, em forma de live com os alunos do 8º ano do Colégio Almeida Jr. apresenta, a partir do dia 23, a trajetória de bens conservados no museu, desde o interesse em sua incorporação ao acervo até a sua revelação e transformação em patrimônio vivo. Será conduzido pelo professor Luís Roberto de Francisco, curador do Museu da Música.

– Ação Educativa “Povos do Brasil, a música entre os Cadiuéus”

Conhecer as especificidades da cultura brasileira é possível ao tomar contato com a música dos indígenas. Os Cadiuéus, grupo que habita a reserva na divisa entre o Mato Grosso do Sul e o Paraguai, serão o tema do evento conduzido pelos acadêmicos do curso de História Carlos Mendes e Larissa Rezende através de uma live transmitida pelo Instagram @museudamusicaitu , no dia 26 de setembro, às 10h30. Além de informações sobre o significado da música para a cultura indígena, serão apresentados os instrumentos e suas sonoridades.

– Timeline “Trajetória da música em Itu”

A apresentação, no dia 27, em forma de linha do tempo, traz pequeno texto, imagem e gravação de obras dos principais compositores de Itu, desde o padre Jesuíno do Monte Carmelo. A linha do tempo é fruto de estudos dos pesquisadores do Museu da Música, organizada pelo técnico em museus William Mattei. Acesso: http://museudamusicaitu.com.br/time-line/

foto: Arquivo – Museu da Música