Indaiatuba tem 5 mortes por covid em 24h; Prefeituras anunciam regras para restaurantes e outros setores

  • Mais óbitos por covid foram registrados em Indaiatuba e Itu;
  • Mesmo com novos casos diários e mortes na região, o governo do Estado avançou as cidades para a fase amarela do Plano São Paulo;
  • Com isso, restaurantes, academias, salões e praças de alimentação voltarão a funcionar neste sábado;
  • Prefeituras de Itu, Indaiatuba e Salto divulgaram regras e horários para essa retomada

Novas mortes por covid foram registradas em Indaiatuba e Itu

Em 24 horas, Indaiatuba confirmou mais 5 mortes por covid, elevando para 132 o total de vítimas desde o início da pandemia. Todos os óbitos ocorreram no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo): um paciente de 84 anos, era cardíaco e tabagista; outro de 75, hipertenso, diabético e doente renal; uma paciente de 77 anos, também tinha comorbidades; um homem de 51 anos, obeso e diabético; e outro paciente, 68 anos, também hipertenso e diabético.

Nesta sexta-feira, 07, foram acrescentados mais 71 casos positivos de covid. Desta forma, Indaiatuba soma hoje 4.614 confirmados, sendo que 132 morreram e 4.434 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar (a Prefeitura não divulga um número exato de curados). Atualmente, 38 confirmados continuam internados e ainda há outros 462 casos suspeitos aguardando resultado. Há 33 pessoas internadas em leito clínico e 27 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação das UTIs está em 75% no Haoc e na rede privada.

Itu registrou mais uma morte por covid nesta sexta-feira e o total subiu para 62. A paciente tinha 82 anos e doenças pré-existentes. Nas últimas 24 horas, a cidade confirmou 39 novos casos, elevando para 1.817 o número de infectados desde o início da pandemia, sendo que 1.547 se recuperaram. A cidade tem ainda 86 suspeitos à espera de resultado de exame. Há 15 pacientes internados em leito clínico para covid e 11 em UTI. A taxa de ocupação das UTIs está em 75% no Hospital Municipal e em 16,66% no Hospital de Campanha.

Salto confirmou 43 novos infectados nas últimas 24 horas, contabilizando 1.081 casos confirmados, sendo que 37 morreram, 955 evoluíram para cura, 14 seguem internados (sendo 4 em UTI) e 75 estão em isolamento domiciliar. Há 156 suspeitos que aguardam resultados. Destes, 143 estão em isolamento domiciliar, 9 em internação clínica (sendo 4 em UTI) e há 1 óbito suspeito de covid. A taxa de ocupação está em 83% na UTI do Hospital Municipal e em 52% na ala clínica.

RETOMADA DA ECONOMIA

As cidades de Itu, Indaiatuba e Salto avançaram para a fase amarela do Plano São Paulo, que determina a flexibilização da quarentena no Estado. Com isso, a partir deste sábado, dia 08, restaurantes, bares, praças de alimentação, academias e salões de beleza voltarão a funcionar, porém com restrições, como horário reduzido e limite da capacidade de atendimento.

Em Itu, a Prefeitura determinou que os shopping centers funcionem (incluindo a praça de alimentação) no horário das 15h às 21h, com capacidade limitada a 40% do público; comércio, serviços, salões e barbearias podem ter capacidade limitada a 40% e atendimento de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h e sábado, das 9h às 15h; o consumo local em bares, lanchonetes, cafeterias, padarias e restaurantes poderá ser feito das 11h às 17h, com capacidade limitada a 40% do público, e somente ao ar livre ou áreas arejadas; as academias e centros de ginásticas terão capacidade limitada a 30% e poderão receber os alunos no horário das 16h às 22h, com agendamento prévio, permissão apenas de aulas e práticas individuais (as aulas e práticas em grupo permanecem suspensas); já em relação às igrejas e outras celebrações religiosas, a partir desta nova etapa poderão voltar às atividades presenciais com capacidade reduzida a 40%, evitando aglomerações e respeitando o distanciamento de 1,5 metro entre pessoas (ninguém poderá estar nos templos ou locais de celebração sem máscaras de proteção, as janelas e portas deverão permanecer abertas para a ventilação natural dos espaços, e fiéis e colaboradores não poderão compartilhar utensílios e equipamentos).

Em Indaiatuba, para os salões de beleza, estética e barbearias, o funcionamento será reduzido a seis horas diárias, ininterruptas ou não, podendo acontecer entre 6h e 21h, com capacidade máxima limitada a 40%, uso obrigatório de máscaras e adoção de protocolos geral e específicos para o setor.

Restaurantes, bares e similares também poderão funcionar por seis horas diárias, ininterruptas ou não, entre o período das 6h às 17h. O consumo no local poderá acontecer em áreas ao ar livre ou bastante arejadas. As atividades de drive thru e serviços de entrega continuam liberados. Para as academias e treinamento de clubes, a capacidade será limitada a 30% e as atividades práticas em grupo continuam suspensas.

Os proprietários dos estabelecimentos autorizados a funcionar a partir deste sábado, 08, terão que efetuar um cadastramento no site da Prefeitura de Indaiatuba através do link https://www.indaiatuba.sp.gov.br/retomadaconsciente/ informando o horário de atendimento adotado, declarando ciência das normas aplicáveis e assumindo responsabilidade pelo seu efetivo cumprimento. Deverão ainda afixar em local visível, na entrada do estabelecimento, o horário de funcionamento presencial. Já os shopping centers poderão funcionar por seis horas diárias. Cada um adotará o seu próprio horário.

A portaria editada nesta sexta-feira pelo governo de Indaiatuba também estabelece que as atividades presenciais de cultos e assistência religiosa deverão observar as recomendações do Ministério da Saúde, entre elas: a lotação máxima de 40% da capacidade, adotando restrições ao uso de assentos de forma a assegurar uma distância mínima de 1,5 m entre as pessoas; manter as condições de higienização durante o período de funcionamento; disponibilidade de álcool em gel a 70% para uso dos frequentadores; exigir o uso de máscaras por todos os frequentadores; evitar o acesso de pessoas do grupo de risco, assim como impedir o acesso de pessoas sintomáticas e propiciar a ventilação nos ambientes.

Em Salto, comércio, serviços e salões poderão funcionar das 9h às 15h, de segunda a sexta, no sábado, será mantido o horário das 9h às 13h; academias funcionarão das 8h às 10h e das 16h às 20h (total de seis horas diárias), porém com limite de capacidade de alunos; e os restaurantes, bares e similares só poderão ter consumação local em áreas arejadas ou ao ar livre, com capacidade de 40% do público, no horário reduzido das 11h às 17h.

 

foto: BIRF