Filme gravado em Salto e Sorocaba chega aos cinemas

 

Cena do filme que traz o reencontro de Giardini e Betti

Baseado livremente na obra do escritor americano Henry James, filme com Eliane Giardini e Paulo Betti conta uma história de amor incompreendida

O filme “A Fera na Selva”, estrelado por Paulo Betti e Eliane Giardini, estreou na última semana, no Rio de Janeiro. Com cenas gravadas em Salto e Sorocaba, o longa-metragem é baseado livremente na obra do escritor americano Henry James, escrita no século XX e conta uma história de amor incompreendida. Os atores também assinam a direção junto com Lauro Escorel.

No filme, o espectador acompanha um homem que vive de olho no futuro e passa a vida esperando por um acontecimento sem conseguir enxergar os sinais de algo que poderia realmente ter transformado sua vida, mas que acabou ficando em segundo plano, como uma fera à espreita na selva.

No elenco ainda estão Juliana Betti, Janice Vieira, Cristina Labronici, Ademir Feliziani e Mário Pérsico.

“A Fera na Selva” é coproduzido por Prole de Adão Produções, Batuta Filmes, Canal Brasil e Globo Filmes. O produtor associado é Fernando Meirelles. A distribuição nos cinemas é da O2 Play.

 

Sessões exclusivas

A partir deste mês, Betti percorrerá semanalmente diversas cidades brasileiras participando de exibições especiais para conversas com o público sobre o processo de produção do filme. Segundo o ator, 90% dos figurantes que aparecem no filme leram o livro e o roteiro. “Dando continuidade a esse processo, digamos educativo, lançaremos o filme com um projeto gratuito de curso à distância de Adaptação Literária”, explica.

“A Fera na Selva” foi selecionado para o 45º Festival de Cinema de Gramado (RS), para a 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (SP), além do 33º San Francisco Latin Film Festival e para o 10º Chicago Latin Film Festival, entre outros.

Ainda não há data para a sessão exclusiva na região.

Foto: Fernando Henrique