Itu: Praça da Matriz fica pronta e Orelhão volta à origem

A praça foi toda reformada; nas fotos, ainda aparecem os tapumes da obra, que foi aberta no dia 31 de julho

A aparência da praça, que está no centro histórico de Itu e é tombada enquanto paisagem urbana, permaneceu inalterada, mantendo seu traçado espanhol do século XVI 

Os tapumes da Praça Padre Miguel (da Matriz), em Itu, foram retirados no dia 31 de julho. Uma solenidade para marcar a reabertura da praça, que passou por uma reforma completa, está sendo cogitada pela Prefeitura, porém ainda sem data definida.

A assessoria de imprensa do governo municipal informou que a reforma incluiu obras de infraestrutura para sua manutenção, instalação de wi-fi público, tomadas de energia elétrica, renovação de todo o paisagismo, construção de rampa de acesso à plataforma do Orelhão gigante, entre outras ações. O Orelhão, por sinal, ressurgiu com suas características clássicas, da época em que foi instalado no local, na década de 1970.

O coreto e os desenhos originais do piso também foram restaurados. A aparência da praça, que está no centro histórico de Itu e é tombada enquanto paisagem urbana, permaneceu inalterada, mantendo seu traçado espanhol do século XVII.

Abaixo do piso de pedras portuguesas, a base foi completamente reconstruída com uma rígida e duradoura camada de concreto e malha metálica. Embora não seja algo visível, essa intervenção foi necessária, conforme a assessoria de imprensa, para que o pavimento ganhasse mais durabilidade e esteja apto a receber eventos sem sofrer danos, como ocorria costumeiramente.

Todas as melhorias receberam as aprovações de órgãos competentes, como Iphan e Condephaat. 

Fotos: Juca Ferreira/Prefeitura de Itu