O jardim japonês de Pucci

Uma viagem sugestiva em um jardim japonês dá o tom para a coleção de inverno 2019/20 de Emilio Pucci, apresentada em Milão. A estrutura completa do foulard de Pucci foi cuidadosamente estudada – levando o know how de suas estampas únicas a novos territórios. Assim como o balanço perfeito alcançado no novo vestido Marilyn, feito em jersey de lã simetricamente envolto em um lenço, a mesma técnica é aplicada às peças noturnas, onde os elementos das estampas foram selecionados, bordados e meticulosamente organizados para imitar a essência de um jardim japonês. A silhueta é sensual: lenços de seda plissados são combinados, drapeados e envoltos para seguir as curvas naturais do corpo feminino. Uma chemise de lurex é renovada com imponentes mangas de kimono, que dão charme e sofisticação à peça. O DNA Pucci se faz ainda mais presente através da inovação nos tecidos e texturas. A mistura perfeita das cores sólidas com as estampas é entregue em capas onduladas e vestidos com babados em lã tecida. Saias estampadas e vestidos para a noite apresentam lantejoulas bordadas à mão ou pregas laminadas, desenhadas propositalmente para imitar o efeito cintilante da água.

Fotos: Divulgação