Especial: os segredos de Fátima

Imagem de Nossa Senhora sai em procissão em Fátima, Portugal

Um dos maiores santuários católicos do mundo, Fátima, em Portugal, guarda provas das aparições de Nossa Senhora aos três pastores e também do chamado “milagre do sol”

Treze de maio de 1917. Três crianças pastoreavam um pequeno rebanho na Cova da Iria, freguesia de Fátima, em Portugal. Chamavam-se Lúcia de Jesus, de dez anos, e Francisco e Jacinta Marto, seus primos, de nove e sete anos. Por volta do meio-dia, depois de rezarem o terço, como habitualmente faziam, entretinham-se a construir uma pequena casa de pedras soltas, no local onde hoje se encontra a Basílica de Fátima. De repente, viram uma luz brilhante; julgando ser um relâmpago, decidiram ir embora, mas, logo abaixo, outro clarão iluminou o espaço, e viram em cima de um pequeno arbusto (onde agora se encontra a Capelinha das Aparições), uma “Senhora mais brilhante que o sol”, de cujas mãos pendia um terço branco.

Naquele momento, a Senhora disse aos três pastorinhos que era necessário rezar muito e convidou-os a voltarem à Cova da Iria durante mais cinco meses consecutivos, no dia 13 e sempre àquela mesma hora. As crianças assim fizeram, e nos dias 13 de junho, julho, setembro e outubro, a Senhora voltou a aparecer naquele mesmo local. A 19 de agosto, a aparição deu-se no sítio dos Valinhos, a uns 500 metros do lugar de Aljustrel, porque, no dia 13, as crianças tinham sido levadas pelas autoridades locais para Vila Nova de Ourém. Na última aparição, em 13 de outubro, estando presentes cerca de 70 mil pessoas, a Senhora disse-lhes que era a “Senhora do Rosário” e que fizessem ali uma capela em sua honra. Depois da aparição, todos os presentes observaram o milagre prometido às três crianças em julho e setembro: o sol, assemelhando-se a um disco de prata, podia fitar-se sem dificuldade e girava sobre si mesmo como uma roda de fogo, parecendo precipitar-se na terra. Foi o conhecido “milagre do sol”, registrado em fotos que podem ainda hoje ser vistas no Santuário português.

Peregrino reza em frente à igreja de Fátima

Desde então a cidade de Fátima, em Portugal, tem sido um dos maiores santuários da Virgem Maria, visitado todos os anos por milhares de peregrinos. A primeira peregrinação nacional a Fátima aconteceu em 1927 e a Basílica começou a ser construída em 1928, tendo sido consagrada em 1953. Com uma torre de 65 metros de altura, coroada por uma grande coroa em bronze e uma cruz de cristal, a igreja encontra-se ladeada por hospitais e casas de retiro e tem à sua frente uma grandiosa praça na qual se situa a pequena Capela das Aparições.

Não é preciso uma data especial para o santuário de Fátima ficar apinhado de peregrinos. Num simples domingo de verão, o visitante enfrenta fila para conhecer os túmulos de Francisco e Jacinta, mortos respectivamente em 1919 e 1920, e tem dificuldade para circular em alguns pontos, por exemplo, perto da capelinha das Aparições, onde está a bala que atingiu João Paulo 2º em 1981 incrustada na coroa da Virgem.

O atentado ao papa era o misterioso terceiro segredo de Fátima, revelado ao mundo só em 2000. Os outros dois eram uma visão do inferno e a informação de que haveria um conflito mais terrível que a Primeira Guerra Mundial. A revelação do terceiro segredo foi feita por Lúcia, antes de falecer. A história da freira e dos seus primos Francisco e Jacinta é contada em 31 cenários no Museu de Cera de Fátima, perto da Basílica. A cena mais recente do museu mostra a beatificação de Francisco e Jacinta pelo papa João Paulo 2º, em 2000.

Além de fornecer informações e exibir algumas das suas cenas, o site do Museu de Cera de Fátima (www.mucefa.pt) vende imagens, terços, livros e vídeos, com entrega no mundo inteiro. Esses e outros produtos entopem as lojas de suvenires próximas ao museu. Quem compra velas pode queimá-las numa fogueira do santuário, onde os penitentes de joelhos percorrem, às vezes mais de uma vez, uma passadeira de mármore de 600 metros. Impossível não se emocionar com tamanha demonstração de fé dos milhares de devotos de Nossa Senhora. Depoimentos de curas e milagres podem ser ouvidos aos quatro cantos do santuário. Histórias maravilhosas que demonstram o poder da oração e da crença na Virgem Maria.

Veja abaixo fotos de Fátima:

Anualmente, milhares de peregrinos percorrem o caminho até o santuário de Fátima, em Portugal; nos detalhes a imagem da Virgem durante as celebrações realizadas no local

fotos: Luis de Oliveira e Santuário de Fátima

site-fatima-correto-1

Picture 1 of 16