Ultraje a Rigor e seu humor afiado

Ultraje se apresentou na Virada Cultural de Indaiatuba e falou com Regional e ZZZ

Com muitas novidades, Ultraje a Rigor canta para público cativo em Indaiatuba

Uma das atrações mais esperada da Virada Cultural em Indaiatuba foi a banda Ultraje a Rigor, que subiu ao palco na noite do dia 14 de maio confirmando uma máxima. O projeto Virada Cultural é para todos os públicos e todas as idades. “Acho bacana a iniciativa do governo de fazer programas culturais gratuitos e diversificados”, fala Ana Paula Oliveira, que foi ao evento junto com seu marido e seu filho.

Com o Parque Ecológico cheio, a banda tocou seus maiores sucessos como ‘Inútil’, ‘Eu me amo’, ‘Nós vamos invadir sua praia’, entre outros. “Nós temos essa característica de fazer o som com uma pitada de bom humor”, fala Roger, vocalista do Ultraje.

Durante a conversa com as equipes de Regional e de Zunzunzum (www.zunzunzum.com.br), Roger adiantou que em julho a banda será atração fixa em um programa comandado pelo humorista Danilo Gentili, ou seja, podemos esperar piadas com uma ótima dose de inteligência, já que o vocalista é conhecido também pelo alto índice do seu QI.

O show apresentado pelo Ultraje a Rigor, que tem ainda Mingau, Bacalhau e Sérgio Serra como integrantes, durou mais que o esperado, mesmo com o frio que estava fazendo. “Vim por causa do Ultraje, mas gostei muito das outras atrações também, sem contar que a organização está boa”, fala o estudante Gustavo Dias. A apresentação foi baseada no acústico, porém com equipamentos elétricos.

A banda acabou de lançar um disco vinil, os conhecidos ‘bolachões’, para os amantes da discotecagem e os colecionadores dessas, agora, raridades. Além dessa novidade, em abril os fãs da banda ganharam mais um presente, o livro ‘Nós vamos invadir sua praia’, escrito pela jornalista e fã, Andréa Ascenção. “A Andréa começou a escrever esse livro há quatro anos, foram dois anos de produção, e dois esperando para ser publicado. Ela entrevistou todos os integrantes que passaram pela banda, os produtores, os fãs, enfim, foi um trabalho bem feito”, relata o vocalista.

Momento do show que a banda fez no Parque Ecológico

Ao todo, 19 pessoas fizeram parte do Ultraje a Rigor. “Teve músico que saiu para ser engenheiro químico”, ri Roger. Em outubro, o músico completa 30 anos de estrada, e confessa não estar preparado para voltar às telas. “No começo essa exposição foi gradual, mas agora, por causa do programa, vamos estar na mídia novamente. Vamos ver”, completa.

São-paulino fanático e medroso quando o assunto é avião, Roger termina a entrevista dizendo que a banda tem muito fôlego e motivos para continuar compondo, e com o pé na estrada.

texto Yara Alvarez

fotos Rapha Bathe