Bem ‘zen’

Na casa de Gisele e Marcelo, uma varanda foi transformada num espaço para relaxamento, numa integração com o jardim: pedras, plantas, móveis e objetos que poderiam oferecer momentos de tranquilidade ao casal foram usados pela designer de interiores

Que tal ficar em silêncio por alguns minutos, meditar por um tempinho, relaxar ouvindo o CD que mais gosta ou apenas parar para ouvir os próprios pensamentos?

Investir em um espaço da casa para relaxar é algo que está se tornando cada vez mais comum. É o que o casal Marcelo e Gisele Cervezão fez em uma varanda de sua casa, em Itu. “Nós tínhamos esse espaço, mas era uma varanda aberta e, como ventava demais, nós não a utilizávamos muito e, por isso, decidimos fechar”, explica Gisele. Com o fechamento, o ambiente se tornou ideal para relaxar.

Um lindo caminho de pedras, que começa na entrada, leva os moradores até a varanda, pela lateral do imóvel. Por ele, é possível apreciar belas flores e plantas, permitindo que o casal e seus convidados se sintam em constante contato com a natureza.

A designer de interiores Talita Barros explica que esse espaço acabou se tornando um lugar de sossego da casa, um ambiente “zen”. “As pedras, que formam esse caminho em curvas, foram colocadas para massagear os pés dos donos da casa que adoram andar descalços. A trepadeira jasmim deixa o jardim ainda mais cheiroso e compõe o colorido com a alpínia”, destaca Talita.

O casal conta que tudo foi acontecendo aos poucos. “Nós fomos garimpando todos os móveis, itens para decorar e fomos colocando coisas que gostamos, como o rádio e todos nossos CDs. Assim, sentamos aqui para conversar ou apenas tomar um café e relaxarmos”, conta Marcelo.

Caminho de pedras para massagear os pés

O ambiente acompanha todo o estilo rústico da casa, mas como precisava ser um espaço mais “zen”, possui peças que fazem esse papel. “Apesar das janelas e portas garimpadas de modelos diferentes darem um sabor de passado, as cadeiras deixam o ambiente mais leve”, explica a designer. A casa, que foi construída há oito anos, acabou tendo a varanda e o jardim como os ambientes mais usados. “A sala ficou esquecida. Todo domingo de manhã nós tomamos café aqui na varanda, escutamos música, conversamos com as crianças e curtimos bastante sem pensar em mais nada”, observa o proprietário.

Além de ser um lindo ambiente, a varanda possui duas portas balcão que ao serem abertas proporcionam a integração com o jardim, que também é usado pela família para relaxar. “Nós fazemos ioga e gostamos de praticar aqui no jardim, ficamos em contato constante com a natureza. Às vezes, no fim de tarde, eu também acendo umas velas. Fica lindo!”, destaca Gisele.

Ter um espaço em casa que garanta um momento de relaxamento é ótimo, principalmente para aqueles dias mais estressantes. “Transformar um espaço do imóvel num convidativo jardim ou espaço zen garante além de conforto, uma melhor qualidade de vida e beleza ao ambiente”, conclui a designer de interiores.

Tudo zen

Compor ambientes ou simplesmente acrescentar algumas peças “zen” em sua casa podem garantir bons momentos de paz e tranqüilidade. Vários sites na internet dão dicas de como fazer isso. No “Casa da Chris”, por exemplo, ela ensina até a relaxar. Abaixo, alguns itens essenciais para curtir de tranquilidade.

  • Aposte no poder de CDs com sons de pássaros, cachoeiras e instrumentos exóticos. Dica: Nature’s Drums, Asian Meditation e Budha Lounge.
  • Acenda um incenso, reduza a luz, acenda uma vela. Tudo isso ajuda na hora de relaxar e ficar somente com seus pensamentos.
  • Bons acessórios para relaxar: uma poltrona gostosa, uma almofada firme para se sentar (ou um zabuton, próprio para meditação), uma espreguiçadeira no quintal.
  • Cortinas fininhas dão um clima todo especial ao seu espaço de relaxamento. Só de ver o balançar do tecido já dá vontade de ficar por lá mais um pouquinho.
  • Uma fonte também ajuda a criar o clima certo para o seu momento relax.

Manter por perto coisas que fazem com que você se sinta bem é uma boa pedida. Vale desde uma imagem de devoção até um básico vaso de flores frescas.

texto e fotos: Gisele Scaravelli