Dicas para uma decoração atemporal

Veja como deixar a casa com um visual sempre atual, com escolhas que não saem de moda

Como compor uma decoração para não enjoar, e que não saia de moda pelos próximos anos? Pode parecer difícil, em especial para quem é antenado em tendências. Mas os arquitetos Alexandre Weiss e Nelson Machado têm algumas dicas para deixar sua casa mais atemporal, mas ao mesmo tempo moderna e cheia de personalidade

Foto: Nenad Radovanovic

Projeto arquitetônico e de interiores realizado pelo escritório Machado & Weiss Arquitetura e Interiores para a sala de um jovem casal

Prefira uma base neutra: Usar cores mais básicas nas paredes, tapetes e cortinas garante maior versatilidade na decoração. O branco é o novo preto, um clássico. As cores e estampas podem ficar nos detalhes, em quadros, objetos e plantas – que podem ser mudados com mais facilidade a cada estação do ano, ou conforme o humor do cliente. “Isso deixa o ambiente mais clean, facilita a harmonização dos elementos, e possibilita ousar mais nas cores das peças decorativas, que ganham destaque pontual e personificam os ambientes”, explica Machado, que também é designer de interiores. Nesta sala integrada, por exemplo, o fundo neutro recebeu algumas peças e flores vermelhas, e as poltronas e objetos em tons de azul turquesa. 

Foto: Gilmar Veng

O projeto de interiores desta casa foi realizado para um casal de empresários com dois filhos

Aposte nos clássicos: Embora possa ser um investimento alto, os móveis com design renomado não saem de moda. As madeiras permanecem tradicionais, são duradouras e trazem conforto. “Outra dica: é mais difícil enjoar de móveis com linhas retas também, que trazem mais flexibilidade e funcionalidade ao ambiente”, sugere Weiss. Para esta sala, foram escolhidas as clássicas poltronas e chaise Barcelona, a poltrona Charles Eames e as mesas Saarinen brancas. O colorido ficou por conta da obra de arte em destaque na parede.

Foto: Gilmar Veng

Este living íntimo recebeu quadros encomendados especialmente para o ambiente

Capriche na escolha dos objetos: As peças de decoração traduzem bastante da personalidade dos moradores e podem trazer diferentes estilos para uma decoração mais básica. Objetos herdados da família, comprados em viagens e aquele presente especial de um amigo ou familiar singularizam o ambiente, trazem valor sentimental e boas lembranças. “As obras de arte também podem garantir sofisticação e personalidade ao décor, e tornar um espaço único e diferenciado”, indica Machado.

Não esqueça: menos é mais!

Muitas formas diferentes podem se tornar cansativas, por isso, é melhor optar por linhas simples e retas. “Mas não adianta ter uma bancada ampla, ou uma estante mais básica, e encher de objetos de decoração. Isso deixa o ambiente pesado. É melhor usar poucas, mas boas peças de decoração”, acrescenta Weiss. Muitos móveis também, em especial se o espaço é pequeno, não é uma boa ideia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *