Dicas para manter a dieta em dezembro

Leguminosas como feijão, ervilha, grão de bico, lentilha e soja também são opções de alimentos ricos em fibras, além das frutas, verduras e legumes

Dezembro é sempre um mês de excessos na alimentação por conta das festas de fim de ano. Com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância dos cuidados com a saúde e uma alimentação adequada, a nutricionista Lara Natacci, diretora da DietNet e coach de bem-estar, cita alguns cuidados que devem ser tomados para levar uma vida saudável e equilibrada, mesmo no período de festas. Confira abaixo:

Inclua fibras, vegetais e gorduras insaturadas no dia a dia

Fibras: opte pelas as versões integrais dos pães e massas; além de incluir aveia e outros grãos no dia a dia. As leguminosas, como feijão, ervilha, grão de bico, lentilha e soja também são opções de alimentos ricos em fibras, além das frutas, verduras e legumes. As fibras podem ajudar a deixar mais lenta a absorção dos açúcares consumidos. Acrescentar molhos diferentes, como os à base de maionese ou azeite de oliva, pode ser um modo interessante não só para variar a maneira de consumir os vegetais, mas também de melhorar o valor nutricional da preparação, pois agrega gorduras poli-insaturadas.

Gorduras insaturadas: estão também presentes no salmão e atum, nos óleos vegetais e produtos feitos à base deles, como cremes vegetais. A inclusão dessas gorduras na alimentação pode ajudar a manter níveis adequados de colesterol.

Pratique exercícios físicos

Caminhar 30 minutos todos os dias pode ser o suficiente para trazer benefícios. Atividades físicas como caminhar, correr e andar de bicicleta pode reduzir o colesterol ruim e aumentar o bom, manter o peso corporal, fortalecer a musculatura, controlar os níveis de “açúcar” no sangue, regular a pressão arterial e promover liberação de substâncias que proporcionam prazer e ajudam no controle da ansiedade. Lembre-se: procure sempre a orientação de um profissional de saúde.

Modere o consumo de sal

Uma forma simples de evitar o consumo excessivo do sal é experimentar a comida antes de acrescentar mais tempero durante a preparação. Também vale retirar o saleiro da mesa, pois isso ajuda a reduzir a vontade de colocar sal no prato. Quando utilizar temperos em pó ou caldos, leia atentamente os rótulos e não adicione mais sal.

Não se esqueça dos exames de rotina

Não permita que a rotina diária o impeça de cuidar da sua saúde e fazer exames periódicos, como medir os níveis de açúcar e de colesterol no sangue, bem como a pressão sanguínea. É necessário e muito importante manter os exames em dia, realizando-os ao menos uma vez ao ano. Além disso, o acompanhamento com um nutricionista ajuda a manter uma alimentação equilibrada.

foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *