Varandas e piscinas para o verão

Projeto luxuoso do arquiteto Rogério Perez

Conheça novidades para o verão 2012 e dicas para deixar lindas as áreas externas de sua casa

 

Áreas externas são sempre um convite ao relaxamento, principalmente durante o verão. Seja em casas de veraneio ou residências, ter um bonito jardim, varanda ou piscina é fundamental para quem busca mais qualidade de vida e espaços aconchegantes para receber familiares e amigos.

É possível escolher piscinas a partir dos modelos simples a outros mais luxuosos e muito sofisticados. Áreas como spas, varandas, pergolados e jardins são partes de projetos que, aliados ao bom gosto dos proprietários e decoradores, se transformam nos locais mais charmosos das residências.

Segundo a arquiteta Andrea Carla Dinelli, piscinas têm sido opções para integração de espaços nas casas. “É um dos locais onde as pessoas mais gostam de se reunir. Assim, em muitos projetos, ela se integra a outras áreas sociais, permitindo a utilização simultânea de diversos ambientes”, diz a projetista.

Já existem modelos com bordas de vidro e até mesmo as mais ecológicas, com formatos orgânicos aliados a revestimentos naturais ou em tons de verde, filtradas a partir de plantas aquáticas que dispensam o uso de cloro.

Revestimentos cada vez mais sofisticados e ousados estão em alta

Para quem gosta de ousar, é possível encontrar projetos bem diferentes, como as piscinas em formato de curvas e até mesmo revestimentos feitos de pastilhas de vidro coloridas. O arquiteto e paisagista Rogério Perez gosta de cores claras e é especialista em criar áreas externas  extremamente luxuosas, que contam com materiais como mármore e valorizam o entorno das piscinas. Ele adora deixar em seus projetos uma marca bem particular: pastilhas que desenham enormes flores no fundo das piscinas e podem ser avistadas de longe.

Outra possibilidade para as residências é criar espelhos d’água no quintal ou no entorno das áreas construídas. Além de lindos, refrescam os ambientes e ajudam a relaxar.

Aqueles que já contam com jardins podem instalar gazebos ou pergolados, alternativas interessantes de estruturas feitas a partir de materiais como madeira, ferro e bambu, e que possibilitam o crescimento de plantas que podem produzir sombras. Se bem decorados, são ótimos espaços para almoços.

No entanto, antes de optar pela piscina ou pergolado, é interessante verificar qual o tamanho do terreno disponível e a finalidade do ambiente que será criado. Para quem conta com espaços menores como quintais e pequenos jardins é possível ter uma fonte, caminhos de pedriscos e bancos de ferro ou madeira, ou mesmo um deque suspenso com ofurô ou hidromassagem. Uma dica para o spa é acrescentar ao ambiente árvores em vasos, além de plantas que exalam deliciosos aromas, como as frutíferas e ervas frescas.

Aproveitar os muros do quintal para dar mais vida aos projetos também ajuda bastante na hora de compor os ambientes. Vasos, plantas trepadeiras e tintas a base de cal conferem ao muro um aspecto mais rústico e natural. A colocação de ganchos nas paredes possibilita a instalação de redes de tecidos e fibras naturais, o que deixa o espaço extremamente charmoso.

Com relação à decoração, almofadas futon coloridas ou com tecidos de cores neutras são sempre uma boa pedida. Sofás e chaises feitos de madeira ou fibras naturais, deques suspensos com almofadas grandes e vasos coloridos com muitas flores nunca saem de moda e deixam os locais muito mais aconchegantes. Para dar um toque ainda mais especial, os proprietários podem acrescentar à decoração objetos inusitados como antiguidades, castiçais, cristais e esculturas. A colocação de tecido no teto dá o efeito de leveza e transforma o ambiente no local perfeito para finais de tarde com amigos.

O lazer pode ser completo se o espaço externo for bem aproveitado, como neste projetado por Marília Veiga

De acordo com a arquiteta Isabel Sombini, hoje em dia é possível executar ideias tradicionais ou mais inusitadas, contanto que a nova área não brigue com a arquitetura da casa. Seguindo essas dicas, os espaços externos podem se transformar em maravilhosas áreas sociais das residências, além de boas opções para relaxar ao ar livre, principalmente no verão. “O fundamental é que o projeto e a decoração sejam compatíveis com a área livre existente e o estilo arquitetônico da construção principal. O restante fica a critério dos proprietários, que poderão desfrutar de mais conforto e qualidade de vida”, diz a especialista.

 

texto: Paula Ignácio

fotos: Fran Parente e Daniel Veiga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *